Ações do MPF em todo o país já reforçaram o caixa da saúde em R$ 1,62 bilhão

Notícias

A atuação do Ministério Público Federal (MPF) contra a crise provocada pelo coronavírus resultou em cerca de R$ 1,62 bilhão direcionados para a contenção da doença nos mais diversos rincões do país. Nesta sexta-feira (27) e ontem, novas ações reforçaram em quase R$ 13,3 milhões o orçamento destinado à compra de materiais e equipamentos para a saúde em Goiás, Paraíba, Paraná, Pernambuco e Rio de Janeiro.

Depois do aporte de R$ 1,6 bilhão do fundo da Petrobras para o Ministério da Saúde, R$ 9,6 milhões referentes à atuação da Lava-Jato fluminense foram encaminhados à Prefeitura do Rio de Janeiro para a Covid-19. A liberação foi autorizada pela Justiça Federal. Em fevereiro, União e estado do Rio de Janeiro já haviam recebido, a partir do trabalho da Lava-Jato, repasse de R$ 668,5 milhões como restituição de valores saqueados dos cofres públicos.

O MPF em Pernambuco também conseguiu, na Justiça Federal, que recursos provenientes de ações criminais fossem destinados à aquisição de materiais e equipamentos médicos. Cerca de R$ 1,5 milhão foi remetido à Secretaria Estadual de Saúde e ao Hospital das Clínicas (HC) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O valor será utilizado para compra de máscaras e equipamentos de leitos de UTI.

Em Petrolina, parte dos recursos geridos pela subseção judiciária local será destinada ao Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), referência na região para covid-19. Já no Paraná, o Hospital das Clínicas de Curitiba receberá R$ 160 mil para tratamento da doença e forças de segurança em Foz do Iguaçú, R$ 300 mil. A Procuradoria da República em Londrina também conseguiu destinar R$ 451.376,00 para unidades de saúde da região.

Outros R$ 100 mil foram destinados, a pedido do MPF, ontem, para a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Verde (GO) e depositados em conta bancária do Fundo Municipal de Saúde. O material só poderá ser utilizado na compra de materiais e equipamentos médicos para prevenção e combate ao coronavírus.

 

* Matéria atualizada pela última vez às 16h06

Imprimir