Operação Patrón desarticulou célula de organização criminosa no Paraguai

O troféu da categoria Combate à Corrupção do VIII Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal ficou com a força-tarefa Lava-Jato no Rio de Janeiro, com a operação "Patrón". A premiação ocorreu em 30 de julho em cerimônia virtual pela impossibilidade de eventos presenciais devido à pandemia do novo coronavírus.

A operação "Patrón" é um desdobramento da operação "Câmbio, Desligo", que descobriu que o doleiro Dario Messer, recentemente condenado a mais de 13 anos de prisão, liderava um esquema de lavagem de dinheiro e que tinha como cliente o ex-governador do Rio de Janeiro Sério Cabral. "Fomos até o Paraguai para colher informações de inteligência e que acabaram gerando essa nova investigação", explica o procurador regional da República José Augusto Simões Vagos.

Com a prisão de Dario Messer, o MPF conseguiu investigar e denunciar 11 brasileiros, oito paraguaios e um uruguaio que integravam a organização criminosa do doleiro. Nela estava também o ex-presidente do Paraguai Horácio Cartes. "O braço da organização criminosa ainda estava a todo vapor no Paraguai. Enquanto esteve foragido, Messer foi abrigado por fazendeiros ligados ao tráfico de drogas", conclui Vagos.

A iniciativa incluiu a participação dos procuradores Eduardo Ribeiro Gomes El-Hage, Fabiana Keylla Schneider, Marisa Varotto Ferrari, José Augusto Simões Vagos, Gabriela De Goes, A. M. T. Câmara, Almir Teubl Sanches, Rodrigo Timóteo da Costa e Silva, Stanley Valeriano da Silva, Felipe Bogado Leite, Renata Ribeiro Baptista e Sérgio Luiz Pinel Dias.

Organizado pela Associação Nacional dos Procuradores da República, o Prêmio República de 2020 contou com 10 categorias voltadas para membros do MPF, advogados, jornalistas e entidades. A ideia é identificar e dar visibilidade à atuação dos membros do MPF, além de reconhecer iniciativas da sociedade civil, da imprensa e de advogados que comungam do mesmo ideal da instituição na luta pelos direitos humanos, cidadania e no combate ao crime.

Conheça mais sobre a força-tarefa da operação Lava-Jato do Rio de Janeiro. 


Imprimir   Email